segunda-feira, 15 de abril de 2013

Promover a leitura - Dr.ª Teresa Calçada (Coordenadora nacional da RBE)



“O mundo de Teresa Calçada é feito de palavras mas, no caso, são os números que dizem tudo. Há 13 anos, altura em que esta professora de Filosofia foi coordenar o Gabinete do Programa Rede de Bibliotecas Escolares, eram poucas as bibliotecas dignas do nome. Hoje existem 2100. Quase todas as escolas, do básico ao secundário, contam com um espaço vivo e vivido onde o livro tem destaque, mas nem sempre protagonismo. “Continua a haver livros, mas eles coabitam com redes de informação e conhecimento. As bibliotecas do século XXI são espaços multimédia, centros pedagógicos de incentivo à leitura, possível através de diferentes recursos”, explica a coordenadora do projecto, justificando a presença de computadores, televisões, jornais e revistas. “O ambiente não é semelhante ao de uma sala de aula”, diz, e os catálogos que tem sobre a mesa provam isso mesmo. “Não são escolas da Finlândia”, diz en passant, enquanto enumera as valências que fazem das bibliotecas um espaço fundamental na relação aluno-professor. “Somos mutantes nesta geração digital, mas os nossos alunos não. Por isso, temos de adoptar uma atitude pegagógica que acompanhe a aprendizagem.” É preciso contrariar a ideia de que as bibliotecas são um sítio cinzento e (demasiado) silencioso: “Se não forem úteis, as bibliotecas deixam de ser precisas. E elas só são úteis se tiverem o que os alunos precisam.” Seja a Apologia de Sócrates ou a ligação ao Facebook."

                                                                                      in maxima.xl.pt (14.04.2013)

 

 

 

Sem comentários:

Enviar um comentário