sábado, 22 de janeiro de 2011

Workshop "A Poesia na Escola": balanço da actividade

No dia 2 de Fevereiro, realizou-se na Biblioteca da EPA de Carvalhais o Workshop "A Poesia na Escola", organizado e concebido pelo Professor Bibliotecário, José António Batista, no qual participaram, de forma entusiástica e empenhada, dezassete Professores de várias áreas, desde o Pré-Escolar, passando pelo 1.º e 2.º Ciclos, até ao 3.º Ciclo e Ensino Secundário da EPA de Carvalhais, Agrupamento de Escolas Luciano Cordeiro e Escola Secundária de Mirandela, o que possibilitou a discussão, reflexão e partilha enriquecida de saberes e experiências em torno da importância da presença efectiva da poesia na escola.
A sessão iniciou-se com a audição e comentário pessoal do fado, intitulado "A voz da poesia", de Kátia Guerreiro, seguindo-se a leitura e interpretação de citações sobre o poeta e a poesia, do poema "Ver claro" de Eugénio Andrade e de excertos de Maria Alberta Menéres, in O Poeta Faz-se aos Dez Anos, Sebastião da Gama, in Diário, Teixeira de Pascoaes, in A arte de Ser Português.
Após este momento, abordou-se o valor da poesia no ensino e analisaram-se criticamente vários documentos no que concerne à referência à poesia, nomeadamente o Currículo Nacional do Ensino Básico (2001), os Novos Programas do Ensino Básico (2009) e as Metas de Aprendizagem.
No seguimento da sessão, além de um sucinto apontamento relativo ao tratamento do texto poético nos manuais, focaram-se as múltiplas potencialidades da poesia em contexto de sala de aula e extra-aula, bem como se apontaram estratégias para a exploração do texto poético, visando uma aprendizagem motivadora, significativa e profícua.
Mereceram também destaque a questão n.º 4 relativa ao texto B - "E tudo era possível" de Ruy Belo" - do Grupo I do Teste Intermédio de Língua Portuguesa 2009 (3.º Ciclo) e a Proposta de Intervenção Didáctica contida no Relatório Final do Projecto Testes Intermédios 2009 disponível na página Web do Gabinete de Avaliação Educacional (GAVE) em que se propõe "uma atenção especial ao ensino da poesia".
A segunda parte do Workshop consistiu, em trabalho de grupo, no aproveitamento pedagógico-didáctico e respectiva apresentação de vários poemas, a saber, "Escrever um livro, criar um filho, plantar uma árvore" de Saúl Dias, "Lágrima de preta" de António Gedeão, "As pessoas sensíveis" de Sophia Andresen, "Barca bela" e "Bela Infanta" de Almeida Garrett, e "Urgentemente" de Eugénio de Andrade.
Além da exposição das principais conclusões, assistiu-se ao visionamento de um vídeo sobre o poema "Ser poeta" de Florbela Espanca, musicado por Luís Represas e entregou-se um certificado a cada participante.
Por último, teve lugar, no Bar da Escola, um delicioso coffee break.

«A poesia não é tão rara como parece.
Na mais ínfima das coisas,
a poesia acontece.»

 Fernando Vieira

VIVA A POESIA!





Sem comentários:

Enviar um comentário