quarta-feira, 17 de novembro de 2010

BIBLIOFILMES FESTIVAL - Vídeos/filmes sobre livros e bibliotecas



 REGULAMENTO


Regras do Concurso de Vídeos no YouTube BiblioFilmes: Livros, Bibliotecas, Acção!

Prefácio:

- O BiblioFilmes Festival é um festival de cinema para filmes e vídeos que sejam inspirados ou baseados em livros, bibliotecas, literatura, personagens literárias, géneros literários, títulos/situações/citações/aventuras/relações descritas em livros ou na promoção da leitura.

Capítulo 1. A quem se destina?

O Concurso de Vídeos no YouTube BiblioFilmes: Livros, Bibliotecas, Acção! (o "Concurso") faz parte de uma das secções do BiblioFilmes Festival (o "Festival") e é dirigido à comunidade da Língua Portuguesa (de todos os 8 países da CPLP Comunidade de Países de Língua Portuguesa - Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste - e Comunidades desses países espalhadas pelo mundo). Se os participantes tiverem menos de 18 anos na altura em que entraram no Concurso, devem ter a autorização dos pais ou encarregados de educação.

Capítulo 2. Duração do Concurso:

O concurso teve " início em Novembro de 2010. Os filmes terão de ser feitos e colocados no YouTube até 15 de Abril de 2011", data em que se iniciará o período de votações e escolha por parte do Júri, até 23 de Abril (Dia Mundial do Livro), em que serão anunciados os vencedores.

Capítulo 3. Como Participar:

Para entrar no concurso, devem fazer um "filme" (em vídeo ou telemóvel), de 30 segundos a 3,14 minutos de duração, a contar a sua história e provar o quanto gostam de ler, da sua biblioteca e/ou livros. Depois, devem ir ao YouTube.com, (respeitando as datas antes referidas) e efectuarem o registo e fazerem o "upload" do vídeo. Posteriormente enviam o link do vídeo para bibliofilmes@xariti.com visando o mesmo ser visionado e colocado na página oficial do concurso (www.BiblioFilmes.com) e no seu blogue. O registo no YouTube deve ser completado antes de um vídeo lá ser incluído. Todas as participações têm de ser originais.

Capítulo 4. Indicações para os vídeos:

O YouTube aceita vídeos da maior parte das câmaras digitais, câmaras de vídeo e telemóveis nos formatos .WMV, .AVI, .MOV, e .MPG. Todos os vídeos carregados no YouTube têm um limite de 100MB e não poderão ultrapassar os 3,14 minutos, de acordo com as nossas regras. Todas as participações também devem estar de acordo com os Termos de Utilização e Código de Conduta do YouTube, localizados na respectiva página internet pelo que ao participar no Concurso, concordaram em aceitar essas regras. As participações não devem ser inapropriadas, indecentes ou obscenas como determinado à descrição da organização do Concurso, mesmo que enviadas dentro dos prazos.

Dependendo da aprovação da organização do concurso, os vídeos recebidos serão colocados online e vistos pelo público em www.bibliofilmes.com. Todas as participações poderão ser exibidas numa cerimónia ou em qualquer acto público escolhido pela Organização do Concurso.

Capítulo 5. Limites:

Pode-se participar com qualquer números de vídeos, desde que cada participação seja completamente original. Depois da participação ser enviada, não se pode modificá-la ou voltar a enviá-la com modificações. Cada filme pode concorrer a várias categorias.

Capítulo 6. Direitos de Autor

Todas as participações devem ser originais. O autor ou autores do vídeo devem ser os únicos detentores dos direitos de autor do vídeo enviado. Ao participar no concurso está a garantir que é o autor, criador e o único detentor dos direitos de autor do vídeo enviado. Ao participar, também garante que as participações que enviou não infringem os direitos de autor de quaisquer outras pessoas ou entidades e que não enviou o vídeo para qualquer outro concurso. Se a propriedade de qualquer participação for contestada de qualquer forma, a Organização pode desqualificar essa participação.

A Organização não incentiva a cópia completa de parte(s) do livro sem autorização dos detentores dos respectivos direitos de autor do livro, como o autor ou a editora (a não ser que o livro já se encontre no domínio público). O nosso mote é que os filmes sejam inspirados ou baseados em livros, personagens, na leitura ou bibliotecas.

Sem comentários:

Enviar um comentário